quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Priminhos



As coisas mais engraçadas, em minha opinião, não necessariamente nessa ordem, são: Stand-up comedy, bêbados e priminhos. Estes são pragas iluminadas por Deus, mandadas por nossas tias para alegrar nossas vidas.

Nessa semana, meus queridos priminhos, Sarah e Carlos Heitor, estão dando o ar da graça na hora do almoço em minha casa. Um resumo dos dois: Carlos Heitor, aplicado, inteligentíssimo, saco de pancadas do meu saco de pancadas (Adriel, meu irmão); Sarah, o capeta personificado, atrevida como ninguém, fugitiva de banhos.

O besteirol tinha que começar com o Rei da Mongólia, Adriel.
- Carlos Heitor é bichão, entende tudo de futebol. Diz ai, cara, o nome de um jogador do Fortaleza!
- Não sei...
- Ro...
- ...Naldo?
- ...Gério, Carlos Heitor!
- Ah...
Evoluindo a conversa:
- Deixa de ser bu...
- ...Rro?
- Olha aê! O cara sabe!
Eu que não podia perder a oportunidade:
- Ei, galera, o Adriel é retar...
- ...DADO! – Sarah e Carlos Heitor em coro.
- Mon...
- GOL!
- Ele também é in... – Disse a Sarinhah animada.
- ...Becil?
- INDIOTA, gente!